Eu não me imagino numa situação dessas.
Pode chamar de orgulho, dizer que eu tenho um ego enorme e um coração de pedra.
Mas ouvir alguém pedindo "Fica, fica mais um pouco, fica aqui comigo, eu preciso de você aqui. Não vá embora, fica só um pouco mais, um dia, uma semana, só fica". Pra mim, é sinal de que alguma coisa não vai bem. Amor tem que ter espaço disponível pra gente ser livre e se gostar. Amor tem que ter espaço pra ficar sozinho lendo uma revista e pra dormir junto agarrado que nem dois coalas. O que pode expressar mais sinceramente a minha vontade de você do que o meu sorriso largo ao te ver chegar? O que mais pra te provar teu nome tatuado na minha necessidade, do que a pele arrepiada debaixo do hálito quente? Eu não preciso gritar pro mundo o quanto é autêntica a minha felicidade do teu lado, os meus olhos já fazem esse papel. Você não vê por aí, as pessoas nos seguindo com um olhar gostoso e um sorriso disfarçado, apreciando esse carinho todo que a gente passa derrubando nas esquinas?
Ás vezes eu penso que essa guerra entre os nossos conceitos nunca vai ter fim. A gente funciona tão diferente e se encaixa tão bem que até assusta. Mas deixa eles brigarem enquanto a gente brinca, vem cá. Desfaz a cara amarrada e não me faz pedir por favor. Talvez você avalie tudo e chegue à conclusão de que eu não amo tanto assim a sua presença. Mas pedir pra você ficar não melhora as coisas. Você pede licença pra abrir a porta do seu próprio apartamento? Pede por favor, pra entrar no seu quarto e dormir na sua cama? Porque eu pediria para você ficar num coração que é seu? Será que você poderia, por gentileza, tomar de volta a alma que prometi dividir com você?  Pode ficar à vontade, mas não muito, porque se sair não tem mais lugar. Oi? Não.
Pode entrar e ficar. As minhas promessas estão de pé. Pode falar a verdade e se expor. As minhas verdades estão ali na mesa. Não posso prometer não machucar, afinal de contas, estamos condicionados à isso no momento em que nos apaixonamos pelo que for. A minha promessa é sermos um só. Na nossa casa, na nossa alma, e a partir de agora, na nossa vida, estão decretadas a clareza de sentimentos e a liberdade.
Então pode ir e pode ficar. Pode rir e chorar se quiser. Tira os sapatos e esquece o convite. A sujeira do tapete nos aguarda pra depois. Agora somos nós e um sorriso. Não vou te implorar pra me ver, nem te pedir pra ir embora. Apenas te esperar na janela e, ao te ver chegar, abrir o sorriso que prova sob qualquer circunstância, o quanto eu amo você.

Comentários
1 Comentários

1 comentários: